sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Faraó Zoser, Faraó Djoser




“Eu Sou AYAM ZOSER, Zoser o sábio, Zoser o misericordioso.
Djeser é também meu nome.

Eu Sou AYAM, o Faraó que fez construir a primeira pirâmide. Eu amo meu país, eu amo o Egito.

Eu amo o Nilo e eu amo os felás que penam sobre a Terra. Desde então, nunca mais reencarnei.

Fiz estágios e grandes viagens pelo infinito.

Tornei-me o Mestre do nono Raio sobre a Terra.

É o Raio Rosa da Cura.

Eu estou embaixo do Raio e Gerevox está em cima, no Grande Silêncio.

Nós trabalhamos de acordo.

Mas Ele é uma força.

Ele nunca se encarnou sobre a Terra.

É uma potência cósmica do Grande Silêncio.

É o nascimento do Raio.

Eu sou o escoamento deste Raio sobre a Terra.

Vou pelas noites aos hospitais, às clínicas, às casas onde sofrem os doentes e eu os alivio pela minha Luz.

Eu os protejo, também, contra as forças maléficas que os assaltam, porque eles são fracos.

Eu os curo e ajudo aqueles que lidam com esse fluido.

Eu o reforço e multiplico.

Meus filhos, sede benditos por tudo o que fazeis.

Vosso poder é grande e vosso trabalho eficaz.

Eu vos abençôo,
Eu Sou AYAM,
Vosso ZOSER”

Mensagem do livro “Ensinamentos de Saint Germain e de outros Grandes Mestres da Fraternidade Branca”

Zoser, o Faraó

Um dos mais antigos documentos até aqui conhecidos sobre ZOSER (ZESER ou ainda DJESER) é uma estela* com o nome de Rei ZESER da IIIª dinastia, gravada em um rochedo do Sinai.

Mas sabe-se que a primeira pirâmide foi levantada em AS-KA-RA por ZESER, um dos últimos soberanos da IIIª dinastia, 2.900 anos antes de J.C.

ZOSER foi uma das grandes figuras da história do Egito.

Mas ZOSER, abandonado as necrópoles tínicas (da cidade de TINIS, perto de ABIDOS, a noroeste de TEBAS, cobre o NILO), transferiu sua residência para o Muro Branco de MÊNFIS (sudeste de ALEXANDRIA) e elegeu o lugar de sua sepultura em SA-KA-RA, perto de MÊNFIS.

Lá se eleva sua pirâmide “de degraus”, que nos dá o monumento de transição entre o mastaba retangular e a pirâmide de arestas vivas (Gravura da capa).

ZOSER dedicou-se, sobretudo, a desenvolver a escrita e a arquitetura.

{xtypo_sticky}* Entre os Egípcios e os Gregos, monumento monolítico formado de uma pedra ereta. (Tradutora)

{/xtypo_sticky}

Extraído de “No TEMPO DOS FARAÓS” - Alexandre MORET. Ed Armand colin.

Resumido do Livro “ Cartas do Faraó”

Postagens Populares desta Semana